sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

pequenas narrativas cotidianas

"nº01"
...e eu só pensava que orar com o pé comprimindo aos 160km/h não era a melhor solução. Ela discordava.

***

"nº02"
A gente sempre acha muito ao acaso, sem mesmo uma escolha muito certa. Mas acredite, só hoje percebi que ele prefere mijar nos formigueiros.

***

"nº03"
Coloco a colher virada, mexo de um lado pro outro, deixando sempre o equilíbrio aproximado entre a ração e a carne. Deus, como isso me deixa calmo. Calmo. E até me esqueço que a comida não é pra mim, mas quem dera fosse. Enquanto isso, lá fora, os gatos passam tão quietos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário